domingo, 24 de outubro de 2010

Modas de hoje em dia

Não entendo, como um garoto, de 16 anos, com voz de mulher, é garoto propaganda de marca de esmalte, possa fazer sucesso entre as mulheres. Na minha época ( essa época ) essa pessoa seria chamada de boiola, bicha, gay, aquele que faz parte do lado rosa da força, entre outros. Mas vamos mudar de tópico, pois esse já pode dar confusão.
Jonas Brothers, tristeza, mas o que realmente é triste, é pensar que eles se julgaram os novos beatles. Eles nem eram 4 pessoas, se bem 4 pode significar outra coisa pra eles (hehe), eles não tem o cabelo igual por parte de sua carreira, e ainda por cima nem tocam nem rock. Mas o pior mesmo, é eles terem uma série no canal Disney, tipo : ''já que não fazemos tanto sucesso, vamos fazer um programa feliz, para aumentar nossa credibilidade ? ''.
Bom, a credibilidade deles não aumentou nada, pois a sua série não faz o menor sentido. É a vida né, e depois me criticam por só gostar de musicas do passado.
Fui!

sábado, 2 de outubro de 2010

Dinheiro

Um tópico complicado,  um tópico polêmico, sabem porque ? Pois para muitos inclusive eu, está em falta, e isso é simplesmente, triste.
Vou te dizer caro leitor, atualmente tudo está muito caro, onde eu estudo, por exemplo, um pão de queijo, coisa que se acha em toda esquina em Minas, está em R$1,10. Isso é um absurdo, 1,10 é praticamente a metade do preço de uma passagem de ônibus de volta para casa.
Agora vamos entrar em uma visão mais profunda de dinheiro : Alguns dizem que dinheiro não traz felicidade, eu queria responder a esses, isso só é possível se está em falta, pois é, sinto muito, mas essa é a realidade. E outra coisa, já viram algum milionário que é triste ? Resposta : Não, eles podem se sentir abusados por fans, fotógrafos, mas posso lhe assegurar, que triste não.
Eu com uma mansão como as que eles tem, estava feliz, e quem dizer que não, é um mentiroso não muito bom certo ?
Bom, essa é minha opinião sobre o assunto, se quiserem dar a sua, comente, e por favor, não venham me dizer que eu quis ofender alguém com minha opinião, minha intenção nunca é essa. Obrigado por sua atenção,
Fui!